Oração para São Jorge

Oração

Ó São Jorge, meu guerreiro, invencível na Fé em Deus, que trazeis em vosso rosto a esperança e confiança, abra os meus caminhos.

Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer algum mal.

Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrarão sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrar.

Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, a Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos. Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel cavalo meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós.

Ajudai-me a superar todo o desânimo e alcançar a graça que tanto preciso: (fazei aqui o seu pedido) Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade. Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!

São Jorge ouça minha oração!

A história de São Jorge

  • Nascimento e infância: Acredita-se que São Jorge viveu de 275 a 23 de abril de 303, tendo nascido na antiga Capadócia, uma região que antes fazia parte do centro de Anatólia e que hoje faz parte da República da Turquia. Quando ainda era uma criança, seu pai morreu em batalha, então foi para a Palestina com sua mãe – que por sua vez, era originária de lá, e além de educá-lo corretamente, ela também possuía muitos bens.
  • Adolescência e fase adulta: Quando entrou na adolescência, Jorge optou por seguir passos semelhantes aos de seu pai e entrou para a carreira das armas, que era a que mais combinava com sua índole natural combativa. A partir daí, a vida de Jorge melhorou ainda mais: por ser dedicado e hábil, foi promovido a capitão do exército romano, e logo em seguida, obteve o título de Conde da Capadócia. Quando completou 23 anos, começou a morar na corte Imperial em Nicomédia, agora sendo um Tribuno Militar.

    Oração para São Jorge

    Imagem: Reprodução

  • Jorge cristão: Sua mãe faleceu mais ou menos na época em que completou seus 23 anos, e assim ele assumiu grande parte de seus bens. Mas toda essa riqueza herdada da mãe foi dada gentilmente aos pobres, pois Jorge não compreendia todas as crueldades feitas com os cristãos. A simpatia de Jorge pelo cristianismo foi mais além: quando o imperador Diocleciano quis concretizar seus planos de matar todos os cristãos, Jorge levantou-se na reunião e afirmou que os romanos deveriam se converter ao cristianismo. Os outros membros da suprema Corte Romana se espantaram e um deles lhe perguntou sobre porque ele disse aquilo, Jorge então respondeu que era por causa da Verdade, e a verdade era Jesus Cristo.
  • Tortura e morte: Apesar de ser bastante torturado nos dias seguintes, ele nunca negou seu cristianismo e continuava a afirmar sua fé em Jesus Cristo. Aos poucos, muitos romanos, encorajados por seu martírio, foram se convertendo ao cristianismo e o Imperador, sem ter mais ao que recorrer, mandou que Jorge fosse degolado. E assim foi feito, no dia 23 de abril de 303, na região da Nicomédia.

Mais sobre São Jorge

  • É considerado um dos santos mais venerados da Igreja Católica.
  • Sua memória é celebrada no dia de sua morte, 23 de abril.
  • É o Santo Padroeiro de diversas regiões ao redor do mundo.