Oração para São Dimas

A oração para São Dimas busca a graça da misericórdia e da compaixão de Cristo por nós pecadores arrependidos. Nela pedimos a São Dimas, que foi perdoado por Jesus crucificado, pouco antes de sua morte, por graças em vida e perdão principalmente em nossa hora derradeira. São Dimas é tido como padroeiro dos condenados, dos prisioneiros em aguardo de execução, coveiros, ladrões arrependidos e dos funcionários de funerárias. Em 25 de Março é comemorado seu dia.

Orações

Oração I

São Dimas, tu que tivestes a felicidade de ouvir o perdão do próprio Jesus Cristo na hora de sua morte com as seguintes palavras: “Hoje estarás comigo no Paraíso”. E tivestes também a coragem de pedir pela tua alma dizendo: “Senhor, lembrai-vos de mim quando entrardes em vosso reino.”.

Vossa fé lhe trouxe tamanha graça e lhe proporcionou um lugar ao lado do Pai, sendo assim olhai por nós pecadores arrependidos para que alcancemos a mesma misericórdia e o perdão de Cristo. São Dimas, pedimos que nos ampare em nossas aflições terrenas e espirituais, para que nossa alma seja lugar de paz e santidade.

Olhai por nós principalmente na hora de nossa morte, para que possamos com o arrependimento alcançar a graça da salvação e do perdão de Cristo e ouvirmos a mesma promessa por Ele feita a ti: “Hoje estarás comigo no Paraíso.”. Assim eu te peço. Amém!

Oração II

São Dimas, tu que reconhecestes em Jesus, teu conhecido de infância, o verdadeiro Messias salvador de todos os homens, sofredor das blasfêmias do povo e de sua injustiça e com coragem clamastes pelo perdão obtendo sua misericórdia em seus derradeiros momentos de vida. Que com tua fé, tu venhas em socorro de nós pecadores arrependidos, sedentos do perdão e misericórdia de Cristo. Intercede por mim e concede-me, assim por vontade de Deus, a graça da salvação. Assim te suplico. Amém!

História de São Dimas

Oração para São Dimas

Imagem: Reprodução

Para que possamos por em prática a oração a São Dimas é necessário que saibamos quem foi este homem e a história por trás do mesmo. Jesus, como consta na bíblia sagrada, foi crucificado e morto como um criminoso, entre dois ladrões, um dos quais vem a ser Dimas, tido desde então como o “bom ladrão”, morto juntamente com Cristo no primeiro século.

Na ocasião um dos malfeitores, cujo tinha o nome de Gestas, afronta Jesus duvidando de sua santidade e poder, onde pergunta “Tu não és o Cristo? Te salva e nos salva também!”. Dimas vendo o que ocorria repreendeu o companheiro de crime com as seguintes palavras “Será que mesmo estando em condenação igual não temes a Deus? Nós merecemos o que estamos passando, mas Jesus não fez mal algum.”. E em seguida dirigindo-se a Cristo: “Jesus, lembra-te de mim quando entrardes em teu reino.”, e Jesus então o respondeu: “Em verdade vos digo que estarás comigo no Paraíso.”. Dimas assim alcançou a graça da salvação e do perdão de Jesus momentos antes de sua morte.

Uma curiosidade sobre São Dimas é uma situação que consta no “Evangelho Arábico da Infância de Jesus” que trata de um encontro anterior entre Cristo e os ladrões, onde estes teriam assaltado a Sagrada Família em seu caminho para o Egito e Dimas teria subornado Gestas com 40 drachmas para que os deixassem sem praticar-lhes mal algum. Jesus, ainda criança, teria predito que ambos seriam crucificados juntos.