Oração para São Bernardo

São Bernardo chegou a fundar 60 mosteiros pela Europa e por ter o dom da palavra chegou a aconselhar até mesmo papas. O Doutor da Igreja, como também era chamado o santo, é homenageado sempre no dia 20 de agosto, momento em que é lembrado nas igrejas e exaltado pela vida de total desprendimento e caridade que levou. São Bernardo é padroeiro das pessoas que passam por dificuldades na vida pessoal.

Oração

São Bernardo, fervoroso servo de Maria, a Igreja o honra e o invoca universalmente como padroeiro das causas mais difíceis, peço então que interceda por mim a Jesus, porque estou passando por muitas dificuldades. Eu imploro que faça uso do seu especial privilégio para trazer soluções para os meus problemas, para assim acabar com minha dor. Abençoe todas as pessoas que passam por dificuldades assim como eu e que a paz, através do amor de Deus, reine em todas as casas e corações.

Amém.

História de São Bernardo

Oração para São Bernardo

Imagem: Reprodução

Em 1090, nasceu na região da Borgonha, na França, o filho de um nobre chamado Tescelin Sorrel, e de Aleth de Monthbard. A criança foi dado o nome de Bernardo. Aos nove anos os pais resolveram colocar a criança em uma escola canônica, e começava aí o caminho de fé em Deus e dedicação a igreja que seria seguido por Bernardo até o fim da vida.

Com 22 anos completos Bernardo entrou para a Abadia de Cister, também na França, um notório mosteiro fundado por São Roberto.

Bernardo se dedicava ao ensino da catequese e convertia muitos apenas com uma simples conversa, por causa disso foi enviado para o Vale Langres com a missão de fundar uma abadia. Bernardo tinha apenas 25 anos. Logo a Abadia de Claraval, como era chamada, ficou conhecida por toda a Europa, graças à maneira com que era conduzida por São Bernardo, que pregava a humildade, a caridade, o trabalho e a cultura. A abadia chegou a ter 700 monges.

A vida missionária

Certo dia São Bernardo teve uma visão, onde um menino apareceu envolvido numa luz branca e disse: “Fala aos outros sempre, pois serás inspirado pelo Espírito Santo e receberás a graça especial de compreender as fraquezas das pessoas e ajudá-las.”

Após isso o santo dedicou-se a vida missionária e saiu pela Europa pregando a fé cristã e falando as maravilhas do amor de Deus. O Santo chegou a fundar 72 abadias e por ser muito eloquente e conseguir exprimir muito bem a palavra de Deus foi convidado para participar de diversos concílios entre eles o Concílio de Latrão, o de Troyes e o de Reims. Por defender os direitos da igreja e lutar sempre pela caridade São Bernardo foi chamado para aconselhar muitos Reis e Papas.

O santo era devoto fervoroso de Nossa Senhora e é dele a saudação final da oração Salve Rainha, que diz “Ó Clemente, Ó Piedosa, Ó Doce Virgem Maria!”, pois era dessa forma que ele terminava as orações feitas para a santa.

No dia 20 de agosto de 1153 São Bernardo morreu. O santo, que na época tinha 63 anos, descansou em paz em um dos mosteiros que fundou, no vale de Clairvaux, aos pés do altar de Nossa Senhora.

São Bernardo foi canonizado pelo Papa Alexandre III, em 1165, e considerado Doutor da Igreja em 1830, pelo Papa Pio VIII.