Oração para São Bento

São Bento, também conhecido como Benedetto da Norcia, é o patrono da Europa desde 1964, quando foi escolhido pelo Papa Paulo VI. Não somente os católicos são seus veneradores, mas também os ortodoxos. No calendário da primeira religião, o dia 11 de julho é considerado o dia do santo, que ficou sendo considerado com esse título por ter vivido diante de muitas dificuldades, mas ainda assim não deixou Deus de lado.

Oração

Querido São Bento, rogai por mim. Sei da vossa luta para continuar a viver num mundo que não respeitava vossos desejos. Sei o quanto pode custar o mau julgamento alheio e como isso pode ser mesquinho e fatal. Mas também sei que fostes vós quem conseguiu se livrar das maiores tentações e conseguiu enganar o diabo. Ajuda-me, glorioso santo, a superar minhas aflições para que minha família reine em paz e tranquilidade. Livra-nos do mal do pecado e guia-nos para o caminho da fé poderosa em Deus. Amém.

História de São bento

Oração para São Bento

Imagem: Reprodução

Nascido no ano de 480, Benedetto da Norcia foi um monge da Itália que fundou a Ordem dos Beneditinos, uma das maiores ordens de monges do mundo e a primeira a iniciar o movimento monacal. Segundo os monges que chegaram a conhecer São Bento e escrever sobre ele, o italiano era filho de nobres, estudioso e no ano de 500 começa a viver como eremita morando em uma gruta na cidade de Enfide. Três anos foram passados nessa gruta e seus sacrifícios começaram a serem reconhecidos até que finalmente ele virou abade de um monastério, mas como o seu regime era muito severo, os monges não gostavam dele e tentaram envenená-lo. São Bento vivia em grandes extremos de popularidade, havia quem gostava muito dele e quem o detestasse a ponto de querer matá-lo. Tendo se livrado de duas tentativas de envenenamento, o santo passou a viver sozinho na gruta solitária mais uma vez. No ano de 547 ele pediu que seus discípulos abrissem uma sepultura para ele, pois iria morrer. O fato foi concretizado seis dias depois de sua morte.

A medalha de São Bento

Em seu período de solidão, São Bento passou a usar uma medalha que continha uma oração. Tal ideia serviu de inspiração para seus fiéis e um pingente semelhante a tal medalha é comercializado entre os católicos. Esse objeto tem grande poder de proteção e traz consigo vários fatos maravilhosos acontecidos com o seu uso. Ele protege dos inimigos, das ciladas feitas pelo mal e ajuda a alcançar o caminho espiritual das graças divinas. É também um grande aliado para a proteção de todo e qualquer tipo de acidente, entretanto não significa que ao andar com o medalhão não é preciso ter cautela.

A recomendação da Igreja Católica é de usar a medalha depois das rezas diárias das orações cujas iniciais estão contidas nela. É também pedido que se reze o Pai Nosso, a Ave Maria e o Glória ao Pai antes de colocar o objeto simbólico.