Oração para Santo André

Santo André foi o primeiro apóstolo de Jesus a seguir os passos do Senhor. Ele foi um dos quatro mais importantes, junto a Pedro, João e Tiago. É sempre citado por Jesus no Novo Testamento e foi ele quem ajudou Cristo a recrutar mais apóstolos ao grupo, incluindo seu irmão Simão. Depois da crucificação, André continuou seu trabalho de apóstolo e saiu levando a Palavra pelo mundo. Foi crucificado na cruz com forma de X, como ficou conhecida “Cruz de Santo André”. Seu corpo repousa na catedral de Amalfi, Itália, e sua cabeça estava no Vaticano, mas fora devolvida por Paulo VI à Igreja Ortodoxa de Constantinopla. O santo é comemorado no dia 30 de novembro.

Oração

Jesus, Filho de Deus, Cordeiro de Deus, ao celebrar a lembrança do primeiro discípulo que chamaste a teu lado, nós te adoramos e veneramos tua vontade; aumenta nossa disposição em trabalhar pela unidade de todos os que crêem em ti, oferecendo nossa cruz pessoal, e bendize com graças abundantes os cristãos de fé ortodoxa.

Amém.

História de Santo André

Oração para Santo André

Conheça a história deste santo e aprenda uma linda oração. | Imagem: Reprodução

André nasceu em Betsaida na Galiléia e foi escolhido por Jesus para ser seu primeiro apóstolo dos doze favoritos. Ele era um pescador em Cafarnaum e Cristo lhe deu o título de Pescador de Homens, pois deveria recrutar os novos discípulos para seu mestre. Discípulo de João Batista, convenceu seu irmão mais velho Simão Pedro a seguir Cristo. Os dois irmãos deixaram tudo que tinham para ir seguir o Senhor em sua jornada. Mais para frente, ficou conhecido como “o Afável” pelo povo. Segundo as escrituras, André sempre esteve muito próximo de Jesus durante sua vida pública. Esteve presente na Última Ceia, na Ressurreição de Cristo e em sua Ascensão aos Céus. Ele recebeu graças e dons no primeiro Pentecostes e ajudou a estabelecer a fé na Palestina. Depois passou por várias cidades e em Bizâncio determinou a fundação da Igreja local e apontou São Eustáquio como o primeiro bispo. Depois visitou outras cidades e na Grécia, segundo a tradição, foi crucificado no reinado de Trajano em Acaia, cidade que havida sido eleito como bispo, pela ordem do procônsul de Roma Egéias.

Santo André fora atado a uma cruz em forma de X, que ficou conhecida como sua cruz. Suas relíquias foram transferidas para Constantinopla em 356 e depositadas na igreja dos Apóstolos no ano seguinte. Ele foi considerado padroeiro da cidade até que ela fora invadida pelos franceses. As relíquias do santo foram levadas por Pedro de Cápua à Itália e mais tarde seus restos mortais foram realocados para a Escócia, onde fora escolhido como padroeiro. Infelizmente o navio que transportava naufragou em uma baía que depois ficou conhecida como Baía de Santo André.

Escrito por: Nayla Georgia

Categorias: Santos