Oração para Santa Lídia

É considerada a pioneira se tratando de santos católicos na Europa. Tem seu dia comemorado em 3 de agosto e, apesar de pouca informação sobre a mesma, sempre foi evidente sua inclinação para a religiosidade a partir dos poucos dados que se sabe.

Oração

Senhor, hoje eu quero Vos entregar minha casa e minha família. Que eu seja a Vossa Luz entre as que ainda não creem; o Evangelho vivo entre os que não o leem; e saiba levar a fé aos que estão sem esperança. Por intercessão de Santa Lídia, que por amor a Cristo abrigou os apóstolos em sua casa, possa eu também consagrar meu lar ao Senhor Jesus e transformá-lo em uma pequena Igreja doméstica. Amém. Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós.

História de Santa Lídia

Residia na Macedônia e especula-se sobre a santa ser originária de uma cidade chamada Lídia, localizada na Tiatira, Ásia Menor. Devido a isto, há dúvidas quanto ao seu verdadeiro nome. Costuma-se achar que o nome “Lídia” foi atribuído à sua cidade Natal dada pelos filipenses.

Oração para Santa Lídia

Imagem: Reprodução

Conta-se que os apóstolos Paulo, Silas, Timóteo e Lucas dirigiram-se a Filipos (local onde não se era permitido o judaísmo e os adeptos seriam banidos de Roma) em missão, a fim de encontrar correligionários hebreus que se reuniriam para leitura da palavra de Deus. Como não havia templos de oração, várias mulheres se reuniam junto as margens de um rio (local considerado fora dos limites rígidos de Filipos) e se iniciavam o processo de oração e fé. E então Lídia entra na história: era uma comerciante de púrpura (tingimento) e deparou-se com os apóstolos quando eles enfim encontraram o grupo num sábado. Durante a pregação de Paulo, ouviu a mensagem atentamente e, maravilhada, decidiu batizar-se, convencendo também sua família a partir de seu domínio das palavras. Após batizada, chegou até a abrigar os apóstolos missionários em sua casa após suplicar que Paulo aceitasse sua hospitalidade. Abandonou sua profissão, embora vivesse bem com o que ganhava, e isolou-se num local de oração juntamente a outras mulheres (prosêuca).

Paulo e Silas, após serem soltos da prisão, retornaram a casa de Santa Lídia. Assim, encorajaram o povo judeu de Filipos a partirem de lá. O Lar de Lídia constantemente era utilizado como local de oração.

Não consta na bíblia  dados específicos sobre a sua família, se era casada ou tivera filhos. Entretanto, basta saber que Lídia era um exemplo de fé e transmitia palavras de apoio e bondade. Sempre foi conhecida como retrato de hospitalidade, sempre fazendo de sua casa templo de oração e recebendo os cristãos que desejassem exercer a sua fé de forma conjunta. Até hoje, é padroeira dos tintureiros em homenagem à sua antiga profissão.

Escrito por: Helena Silva

Categorias: SantosMais orações para: