Oração para Padre Cícero

Padre Cícero foi um grande benfeitor da cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, hoje ele é devotado por centenas de pessoas de todo o Nordeste. A oração para Padre Cícero roga por bençãos no âmbito familiar e profissional, além de pedir felicidade e o amor divino de nosso pai celestial, Deus.

Oração

Padre amado, padre soberano, meu querido Padre Cícero, permite que hoje seja o dia em que eu me entrego a Vós. Abençoa minha família, meu trabalho e o meu caminho para que consiga encontrar a felicidade e o amor de Deus. Me conduz para a vida eterna, sem deixar eu cair nos abismos mundanos dessa vida. Faz com que os dias mais longos sejam cheios de bênçãos e jamais de dor. Em nome do senhor Deus e seu amado filho Jesus Cristo, eu entrego minha alma para ser conduzida pelo caminho do bem. Amém.

História de Padre Cícero

Oração para Padre Cícero

Imagem: Reprodução

Padre Cícero nasceu no dia 24 de março, na cidade do Crato no Ceará. Foi estudar na Paraíba, mas em 1865 regressou para sua cidade, devido à morte de seu pai. De volta, estudou na Prainha em Fortaleza e no ano de 1870 foi ordenado padre. Dois anos após isso, foi designado vigário para a cidade de Juazeiro do Norte, também no Ceará, e lá iniciou um trabalho pastoral que era caracterizado por pregações e visitas domiciliares feitas por ele.

Lá em Juazeiro, recuperou a capela e comprou imagens para ela, assim foi ganhando pouco a pouco a simpatia dos moradores e passou a exercer forte liderança na comunidade. Em 1889, um ‘’milagre’’ aconteceu e fez mudar a vida tanto dele quanto da cidade. Durante uma comunhão na capela de Nossa Senhora das Dores, a hóstia sangrou na boca de uma fiel, a notícia rapidamente se espalhou e a cidade a partir daí passou a receber peregrinos de diversos lugares.

No ano de 1894, Cícero foi acusado de manipulação da crença popular, pelo vaticano, e foi punido tendo sua ordem suspensa. Dois médicos foram convidados a testemunhar, eles afirmaram o milagre e isso só fez fortalecer a crença do povo. O bispo mandou investigarem o caso, mas a igreja não aceitou o milagre e Padre Cícero foi chamado ao Palácio Episcopal, onde foi informado de sua punição.

Padre Cícero inconformado por não mais poder celebrar missas, foi ao vaticano em 1898 pedir ao papa Leão XII que revogassem sua pena, saiu de lá vitorioso, porém o bispo não aceitou e pediu a revisão do resultado. Desse jeito, continuando sem poder seguir na carreira religiosa, entrou na política e no ano de 1911 foi nomeado prefeito.

No ambiente político, participou junto com grandes coronéis da Revolta do Juazeiro, em 1914, que foi motivada pela vitória de Franco Rabelo para governador do Estado. Mais adiante conseguiu junto aos grandes coronéis restaurar o poder de Antônio Pinto Accioli, que havia sido derrotado por Rabelo, e assim foi eleito o vice-governador do Ceará.

Padre Cícero foi o grande benfeitor da cidade de Juazeiro do Norte, para lá levou a Ordem dos Salesianos, doou terreno para a construção do aeroporto, abriu escolas, construiu capelas, estimulou a agricultura e ajudou a população pobre principalmente nos períodos de secas na região.

Quando sua vida pública encerrou com sua morte, seu prestígio de santo deu grande impulso e a devoção por ele foi aumentando. Todos os anos no dia de finados, uma multidão de romeiros vindos de diversos lugares do Nordeste, chega à cidade de Juazeiro para visitar o túmulo do santo, na Igreja de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro.