Oração para Nossa Senhora do Amparo

Na oração feita a Nossa Senhora do Amparo os fiéis reconhecem que como simples pecadores não são dignos de ir em busca do seu socorro em seus momentos de angústia e aflição. Porém com a consciência de que Nossa Senhora olha por nós apesar de sua glória e não deixa de ter misericórdia e compaixão para conosco, pedimos pelo seu socorro e pela oportunidade de alcançar a graça de estar ao lado da mesma e do próprio Deus louvando e cantando graças em nome do Pai.

Oração

Nossa Senhora do Amparo, tão estimada que és, nós bem sabemos que como meros pecadores não somos dignos de invocá-la nesta hora de angústia, mas também sabemos que apesar da tua grandeza tu não esquece de ter misericórdia de nós e tua compaixão está longe de diminuir, esta só aumenta cada vez mais. Tu nos olha com olhos de misericórdia do alto do teu trono e enxergas as nossas aflições e os perigos pelos quais passamos até o fim de nossa vida. Pelos merecimentos da fé e da confiança na perseverante amizade de Deus, pedimos que um dia sejamos capazes de nos juntar à ambos nas alturas dos céus, louvando e cantando as glórias do Pai por toda eternidade.

Ó Maria, tu que foi concebida sem pecado, rogai por nós que a ti recorremos.

História de Nossa Senhora do Amparo

Oração para Nossa Senhora do Amparo

Imagem: Reprodução

A adoração a Nossa Senhora do Amparo, que é padroeira da congregação, tem origem na antiguidade e está ligada a uma imagem de Virgem do Amparo que era atribuída a Nicodemos, um ex-fariseu que aderiu ao cristianismo e a Igreja Católica que estava em seu nascimento após a ressurreição de Cristo. Ele teria pedido à São Lucas que esculpisse e pintasse uma imagem de Maria aos pés da cruz recebendo a missão de ser mãe de todos. São Tiago levou consigo a mesma imagem à todos os locais em que ia evangelizar, foi daí que surgiu a popular veneração à Maria, mãe de Jesus.

O papel de Maria como mãe de todos nós pecadores deu-se pelas palavras de Cristo, já pregado na cruz em seu sofrimento, para João, onde Ele diz: “Eis ai tua mãe confiando Santa Maria como Mãe da humanidade, para que Ampare a todos”. Esta dádiva de Cristo ao nos confiar sua mãe foi denominada pelos cristãos por muito tempo de Amparo, daí então surge o termo “Nossa Senhora do Amparo”.

A adoração à santa tornou-se comum também na antiga Lusitânia entre os marujos que temiam a bravura do mar e tinham de enfrentar seus perigos. Estes pediam amparo à Virgem Maria, pediam que esta olhasse por eles em suas perigosas e arriscadas viagens.

No Brasil, o culto a Nossa Senhora do Amparo chegou logo após a sua descoberta. Esta era protetora do Forte que mais tarde daria origem à cidade de Fortaleza, capital do estado do Ceará no Nordeste brasileiro, onde atualmente existe uma igreja dedicada à santa.  Olinda, no estado de Pernambuco, ainda no Nordeste, também possui uma Igreja em homenagem a Nossa Senhora do Amparo. Há ainda no Brasil três municípios fundados em seu nome que são a cidade de Amparo no estado de São Paulo, Amparo da Serra em Minas Gerais e Amparo de São Francisco no estado de Sergipe, Nordeste.