Oração para Nossa Senhora da Conceição

A oração para Nossa Senhora da Conceição destaca sua vida santa, livre de pecados, e como a mesma foi concebida sem o pecado original. Nela pedimos a esta santa a qual consideramos como mãe de todos que nos abençoe e nos guie para junto de Jesus Cristo, nos ajudando a andar longe das tentações e do pecado com seu instinto maternal.

Oração

Virgem santíssima, tu que foi concebida longe do pecado, sem o pecado original e que passastes o resto de vossa vida distante dos demais pecados, numa vida santa e pura. E mesmo virgem, tens como prova de vossa santidade o papel de mãe que lhe é concedido por Deus por intermédio do anjo Gabriel que a saudou com as seguintes palavras: “Ave Maria, cheia de graça.”. Pedimos humildemente que com sua graça nos ajude nesta caminhada para uma vida mais próxima de Cristo e sendo considerada mãe de todos, com teu instinto maternal nos livra dos males das tentações e dos pecados. Nossa Senhora da Conceição rogai por nós. Amém.

História de Nossa Senhora da Conceição

Oração para Nossa Senhora da Conceição

Imagem: Reprodução

Nossa Senhora da Conceição é um dogma católico que trata da concepção da virgem Maria livre das manchas do pecado. Segundo este dogma, Deus havia preservado Maria desde o princípio de sua existência, pois a mesma era cheia da graça divina e o mundo estava em falta de graça e santidade. Conceição quer dizer concepção. Este nome atribuído à Maria faz referência ao fato de que a mesma concebeu o menino Jesus ao mundo livre de pecados e manteve-se pura durante o resto de seus dias.

É comemorada em todo dia 8 de Dezembro a festa da Imaculada Conceição, que foi considerada uma festa universal ainda no século XV, mais precisamente em 28 de Fevereiro do ano de 1476 pelo Papa Sisto IV. Há citações na bíblia que reforçam a ideia de Nossa Senhora ter vivido uma vida pura, livre de pecados como em Jó capítulo 14 e versículo 4 onde diz: “Pode o puro (Jesus) Vir dum ser impuro? Jamais!”.

Há também a história da imagem de Nossa Senhora da Conceição que foi resgatada das águas do rio Paraíba por dois pescadores que estavam encarregados de garantir o almoço do então governador da província de São Paulo e ao agarrarem a imagem com a rede os peixes começaram a surgir em grande número ao redor do barco. A imagem permaneceu por 15 anos na casa de um dos pescadores o qual recebia centenas de visitas para fazer novenas junto à mesma até que foi erguida uma capela no local.

O povoado em que se encontrava a imagem passou para município e a necessidade de um lugar maior para receber os romeiros era visível. Teve então início a construção da Basílica Nova para acomodar os féis devotos da então padroeira oficial do Brasil, proclamada pelo Papa Pio XI.